Boa Leitura!

Cover Volume 1 http://www.formatex.info/microbiology4/vol1/306-310.pdf

FORMATEX RESEARCH CENTER - Fernanda Freitas - Fernando Almeida

We are pleased to inform you that your paper titled “Biological basis for analysis of lasers’ action in infectious processes. Biofilm, Interaction of light with matter, pathophysiological aspects” has been accepted for inclusion in the forthcoming number of the Microbiology Book Series titled "Microbial pathogens and strategies for combating them: science, technology and education", a divulgation/educationally-oriented publication on Microbiology and related technologies.

Acontecendo na Periodontia & Laser. 

Por uma odontologia melhor

IMG_20130711_165714-1

Laseres na odontologia - 2012

NOVO TELEFONE - 21 40427442

Iniciei meus estudos em 1992, quando em palestra me foi apresentado o Laser de Rubi. A segunda oportunidade surgiu na visita em uma Clínica quando pude observar o uso do Laser de Neodímio, em 1999. Ambos laseres em alta intensidade.  No ano de 2000, já como docente na especialização de periodontia no Rio de Janeiro, ingressei na primeira turma de mestrado na FOUSP/IPEN. Na época me qualifiquei com estudos in vitro em protótipos, incluindo em anexo a necessidade de trabalhar visualizando o poder da interação da luz com cromóforos. Infelizmente após dois anos de experimentos não pude defender a tese, pois meu filho possui uma doença rara que somente este ano recebi laudo conclusivo. Neste momento me foi solicitado uma troca de tipo de amostra bacteriana, que não seria possível tendo em vista a necessidade de estar no Rio de Janeiro.

 

Em 2002 tive a ideia de continuar minha linha de pesquisa por minha conta, ou seja, montar uma empresa e protocolar um processo inovador para atender nossa realidade na saúde.

Através da análise de conhecimentos adquiridos com a filosofia de medicina periodontal já incorporada na minha clínica, escolhi trabalhar com o Laser que mais se identificaria com as minhas necessidades e que certamente iria aumentar a qualidade do meu trabalho.

 

Quando falamos em alterações sistêmicas, falamos na necessidade de organizarmos metabolicamente cada foco que poderia interferir na doença principal. Precisava reduzir o uso de antibióticos, acelerar o processo de descontaminação local, acelerar a reparação local, e, em muitos casos, reduzir a permanência destes pacientes de risco em visitas constantes com movimentação bacteriana em cavidade oral.

 

O Laser de escolha para esta descontaminação local seria o Laser de Er:yag, que atua em alta intensidade, contando além da capacidade de atuação em bactérias na atuação quanto à polarização das novas fibras formadas pelos fibroblastos locais.

 

Outros aspectos foram observados:

 A utilização de cromóforo natural (apesar de a tecnologia ser de alto custo, ajustando o protocolo operacional os gastos na gestão empresarial da tecnologia reduzem).

A tecnologia já se apresentando com controle da ANVISA, além da análise de pesquisas serem superiores a cinco anos.

Após análise de cinco anos,  foi observado que com a alteração do processo protocolar foi possível viabilizar o uso do processo em produção com inclusão social.

 Resumindo: Foi observado um ajuste da tecnologia para benefícios reais a favor da população, incluindo redução do custo direto na operação em si, assim como indiretos pela interação do tratamento com o sistema global do paciente.

 Já o uso da laserterapia em baixa intensidade vem sendo usada em vários protocolos com grande eficácia. Inclui: O uso em parestesias, no auxílio ao tratamento reabilitador; A capacidade anti-inflamatória além de sua ação na alteração de fibras inerente a polarização da luz. Incluímos o protocolo com lesões herpéticas que me parece de grande utilidade.

 Na corelação laserterapia fotodinâmica, quando usamos o laser em baixa intensidade acoplado com cromóforo, e laserterapia em alta intensidade com laser de érbio, são indiscutíveis que o cromóforo do laser de érbio, que seria o componente que ressona (interage) com a luz no espectro do érbio, o mesmo se torna superior quando analisamos o poder de infiltração da luz, variando o tempo, rompendo o complexo bacteriano estipulado em modelo (Bactérias agregadas com variáveis de virulência).

 A forma de organização que as bactérias se agrupam não me garante que os cromóforos aplicados consigam atuar internamente. Lembre-se: O Projeto Periodontia & Laser visa trabalhar aumento de qualidade de serviço e não realizar pesquisas no consultório. Nasceu com bases científicas acopladas ao movimento de gestão em saúde.

 A atuação da luz laser érbio, a ressonância com a molécula de água (capacidade desta luz de interagir com a molécula de água) explodindo tanto o complexo bacteriano quanto a célula bacteriana e agir concomitantemente nas células da parede do sulco, sem danos térmicos, resultam em mecanismos diversos fisiológicos que explicam os resultados alcançados nas estatísticas apresentadas no protocolo desenvolvido. Sendo eles:

- Controle da doença periodontal de forma mais rápida e eficiente;

- Espaçamento das consultas de controle (manutenção), pois o tecido se torna de melhor qualidade.

 Podemos correlacionar o controle da doença levando em consideração:

- A ação de ablação do sistema bacteriano e da célula bacteriana propriamente dita;

- Facilidade do organismo em fagocitar os elementos evitando migração de neutrófilos em exagero gerando equilíbrio biodinâmico local;

- A ação de ablação em proporção micrométrica evitando lesões aos tecidos adjacentes e induzindo liberação de substâncias para reparação local, o que nos leva a uma aceleração do processo cicatricial pelas condições biodinâmicas citadas, acopladas ao sistema de organização gerado pela polarização de novas fibras induzidas pela luz nos fibroblastos locais.

 Acredito que hoje possamos falar em introduzir o protocolo no dia a dia. A combinação de tecnologia com a nova visão empresarial de odontologia no mercado cabe à proposta.

Este é o momento em que o dentista convencional passa a coexistir dentro do sistema de saúde, podendo ser inserido como peça integrante na condução do sistema de saúde.

 A proposta visa aumentar a produção, qualidade dos serviços prestados, recuperação das alterações sistêmicas em tempo reduzido, chagando a reduzir gastos em UTIS e CTIS.

 Em adendo: O uso da luz laser no momento visa reduzir o uso desorganizado de antibióticos, auxiliando ao organismo humano na recuperação biodinâmica, além de local, sistêmica. Isto quer dizer que os antibióticos continuarão em uso, quando necessários, elevando o tempo dos mesmos no mercado.

 O laser na periodontia atual tem como proposta empresarial aglomerar nos processos de recuperação financeira na gestão em saúde trazendo benefícios reais para o paciente e para o sistema de saúde. 

Em janeiro , aconteceu na Implant News, Perio News

A  Periodontia & Laser aconteceu na Implant News e Perio news http://www.inpn.com.br/noticia.asp?id=44.  Este mês coloco trabalhos a disposição  que justificam os resultados do processo proposto. Alguns aspectos quanto ao aumento do tempo nas consultas de controle do paciente, estudados no primeiro artigo deste site

 http://www.fernandafreitas.com.br/periodontia_laser/2006/01/alternativa_mod.html#more,

 se justificam pelos resultados encontrados em novos estudos. Entre eles,  avaliando a atividade de proteína morfogenética, induzida pela luz er:yag, foi  encontrado  atividade por um periodo de 14 dias, diferindo da contraproposta de utilização de técnica convencional que potencializa o processo em até 8 dias. O conceito de descontaminação e aplicação do laser previamente a implantes imediatos pode também ser estudado neste link.  Dentro desta filosofia, o equilibrio biodinâmico se concretiza a medida que reduzimos a atividade de microorganismos locais e aumentamos a resistência do tecido,  ampliando a possibilidade de sucesso. http://www.synerondental.com/clinical-procedures

Aspectos de divergências quanto a quantidade de energia podem estar relacionados ao sistema de entrega de feixe e de estrutura da equipamento, sendo assim,  como os laseres de baixa intensidade, devemos seguir os protocolos de energia propostos pelos fabricantes, o que justificaria a diferença grande na frequência de pulsos.  

Bom estudo!

 

 

Responsabilidade e ética a favor do desenvolvimento.

Em nota. Recebi no meu email um artigo que traduz o que chamo de responsabilidade. O estudo falava de uso de antibióticos. Estamos caminhando para aumentar a qualidade da saúde no Brasil e no mundo. Três pontos me chamaram atenção: A exclusão no grupo de pesquisa, dividido em tres grupos, de portadores de doenças sistêmicas e locais, a análise do tipo de cirurgia que os pacientes estariam sendo submetidos envolvendo ainda ambiente cirúrgico, e uma nota final que esclarecia que os pesquisadores não receberiam ganhos diretos financeiros. Este fator me preocupou. Esclarecendo: A Periodontia & Laser nasceu buscando levar qualidade de serviço e unir desenvolvimento em gestão de inovação possibilitando acesso em grande escala de tecnologias de ponta, além de contribuir para aplicabilidade com precisão. Os conhecimentos adquiridos em formação de mestrado (primeira fase concluida no Instituto de Pesquisa Nuclear) desenvolvidos buscando justamente a interação da luz com a matéria  com maior eficiência, visam mais que lucros institucionais. Visam respeito ao paciente exposto. Em desenvolvimento de qualidade a linguagem não deixa de ser científica porém, a ética não permite que os pacientes sejam cobaias. Permite que possamos ,através da análise de informação e estatística, aumentar a qualidade de atendimento. Neste processo ganhamos todos. O novo protocolo exige os conhecimentos científicos da área de saúde em medicina periodontal e treinamento com habilitação em laser na especialidade de periodontia. Sejam bem vindos ao novo ramo de negócio: QUALITY BUSINESS.

Caso queiram a referência do artigo, favor entrar em contato com ffgfreitas@gmail.com ou me encontrem no facebook.

Fernanda Freitas

Periodontia e Implantodontia - uma união sem retorno.

As necessidades básicas de preparo do ambiente oral em pacientes que serão submetidos a intervenções cirúrgicas já vem sendo discutidas neste local. Hoje, buscando excelência estética, o preparo dos locais e observação dos tecidos mole (mucosa) e duro (ósseo) é uma realidade. Estamos chegando a um estágio que verificamos a necessidade da implantodontia cada vez mais estar inserida em uma questão multidisciplinar. Atenção quanto a escolha de técnicas e tecnologias diferenciadas dentro da resposta desejada ao nosso planejamento protético é um requinte que poucos podem receber na sua especialização. Dentro da proposta de trabalhar com inovação e qualidade técnica,  na inserção no grupo de Impantodontia  Fernando Almeida - UVA, hoje tenho o prazer de apresentar o início de uma jornada científica de parceria. Em acordo com o jornal -The International Journal of Oral & Maxillofacial Implants ,JOMI, venho apresentar o artigo publicado pelo grupo ao qual fui inserida em corpo docente. Boa leitura!  Download 26_3_Almeida_16

Interferência microbiana sistêmica e local

 

Um dos fatos mais discutíveis atualmente é a necessidade de profilaxia antibiótica. Creio que em decorrência a fatores de controle  relativo à saúde, imagina-se a aplicabilidade de soluções com bases em referências individuais locais. Hoje também é fato indiscutível que um paciente deva ser submetido a controle da microbiota local oral antes de qualquer intervenção odontológica. Fato. Entende-se por profilaxia qualquer atitude que podemos realizar para que microrganismos de uma flora supostamente normal não se desloquem e se desenvolvam em local indevido. Esta semana pude obter informações quanto a esta questão.  Um dos fatores previsíveis dentro do contexto atual se refere à observação de detalhes básicos.  É básico saber que indivíduos são diferentes e respostas diferentes serão apresentadas. É básico ter conhecimento que justifique a observação do seu paciente para que dentro deste contexto se leve em consideração fatores que alterem a sua capacidade imunológica, e a possibilidade de movimentação de complexos bacterianos que por organização do próprio sistema possam ser movimentados e assim impossibilitarem o sistema de defesa de atuarem satisfatoriamente. É básico levarmos em consideração que apesar de cabíveis e úteis os processos de pesquisa podem e devem ser considerados com bases que sustentem as variáveis cabíveis ao contexto. 

Dentro da filosofia preventiva aposto em motivação e adequação do meio bucal com análise sistemática do sistêmico. Longe de ir contra meus princípios odontológicos, mas creio que na interface do nosso sistema de adequação da odontologia dentro de hospitais, nos impulsionando a uma necessidade de conhecimento mais ampla no que se refere à fisiologia, acredito que o intercâmbio com outros profissionais que possivelmente estejam atendendo nossos pacientes seja de suma importância. Esta seria uma excelente oportunidade para que possamos acrescentar vontade de cuidar unida a aumento de qualidade no sistema de saúde.  Por hora indico para motivação pasta DENTIPLAQUE - corante noturno usado após escovação e sendo observada qualquer alteração quanto à cor nos dentes, reescove observando os pontos onde a placa se depositou. Durante 15 dias repita a operação e continue por pelo menos duas vezes por semana. Entre os dentes: fio dental, escovas interproximais aonde o vão entre os dentes já esteja mais amplo. O cálculo (tártaro) deve ser removido assim como a superfície dos dentes a qual ele se deposita também. Quanto aos antibióticos, indico leitura dos textos de Socransky e Haffage e a observação básica que na maioria dos protocolos para eliminar bactérias se faz necessária a intervenção de sete dias dependendo do antibiótico. Os antibióticos de última geração permitem uso em menor tempo, porém é de consenso que o uso correto de dosagem em antibióticos específicos auxilie o equilíbrio dinâmico sem levarmos ao risco de resistência. Enquanto a possibilidade de eliminar 98% da microbiota sem afetar tecidos adjacentes, com a certeza de eliminação celular por ablação e organização tecidual posterior não seja realidade, espero podermos contar com a proposta de correlacionarmos conhecimento em benefício do nosso sistema de saúde. 

PROCURE SEU PERIODONTISTA ANTES DE QUALQUER INTERVENÇÃO, PROCURE SABER SE A ATUALIZAÇÃO EM MEDICINA PERIODONTAL FAZ PARTE DESTE CURRÍCULO. 

 

Laser Érbio-yag: Vantagens de um gigante.

ATENÇÃO: EM DECORRÊNCIA A PROBLEMAS NO SISTEMA SKYPE NO BRASIL, CASO OCORRA PROBLEMAS NO CONTATO USE SMS PARA 21 93336420 OU 78158608 - OBRIGADA - Fernanda Freitas

A empresa Periodontia & Laser marca mais uma vez pontos quanto a escolha de protocolos eficazes no contexto tecnológico. O uso da tecnologia com adequação é uma meta que pode ser hoje sedimentada em artigo veiculado : AKIYAMA, F., AOKI, A., MIURA-UCHIYAMA, M., SASAKI, K. M., ICHINOSE, S., UMED,A. M., ISHIKAWA, I. e IZUMI, Y. In vitro studies of the ablation mechanism of periodontopathic bacteria and decontamination effect on periodontally diseased root surfaces by erbium:yttrium-aluminum-garnet laser. Lasers Med. Sci., 23/mar., 2010. Neste artigo os autores estudaram o efeito da luz em uma condição menor de irradiação e em frequência maior.  No experimento in vitro, é logico o objetivo de redução dos parâmetros na tentativa de minimizar efeitos térmicos. O protocolo periodontia & laser hoje sedimentado clinicamente, visa a regularização metabólica nos tecidos adjacentes contando com efeitos de descontaminação e modulação molecular local. Estes efeitos podem ser atingidos justamente pelo uso da tecnologia coadjuvada a raspagem com ultrasson e/ou manual. O ganho resultante é na atuação rápida e eficiente da luz dentro do contexto sistêmico. Os parâmetros usados visam atingir a ablação do complexo bacteriano assim como atingir a água no interior da célula ablacionando a mesma e evitando a menor possibilitade de resistência  Lembramos que em gráfico do Professor Doutor Edson Puig Maldonado podemos observar curvas diferenciadas de interação para este comprimento de onda. Atenção redobrada, pois temos que lembrar ainda que apesar do cromóforo principal sempre conduzir a interação, não podemos provar que não ocorra uma absorção pequena dos cromóforos adjacentes presentes na estrutura complexa local in vivo. A segurança da remoção de cemento afetado pela doença com a raspagem convencional parece, dentro das condições da ação do laser nos tecidos adjacentes,  serem eficazes para possibilitar auxílio na condução de pacientes sistêmicos e manutenção periodontal, com efeitos significativos na qualidade de tratamento. 


Discussão - Fonte: http://pt.shvoong.com/medicine-and-health/dentistry-oral-medicine/1986249-abla%C3%A7%C3%A3o-descontamina%C3%A7%C3%A3o-pat%C3%B3geno-periodontal-com/#ixzz1Q11WBrQ0

Como melhorar a qualidade de vida

Mais que um SPA .. um local para se aprender a viver com Saúde...
Piscinapv3 Nutrição e Equilíbrio orgânico
Como equilibrar o seu sistema de defesa oral.

Continue Lendo "Como melhorar a qualidade de vida" »

Categorias


Novo endereço na Barra da Tijuca

Marcações de consultas

Barra da Tijuca / Copacabana
Entre em contato pelo telefone abaixo para marcar sua consulta

TEL: 55 21 970154262


Credenciamento

Normas para adesão e credenciamento da técnica! Saiba mais

Parcerias

Conheça a lista de todos que apoiam este projeto! Parcerias e Convênios - Clique aqui